Notícias » Brasil

Ricardo Salles e presidente do Ibama são alvos de operação pela PF

A operação foi autorizada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes e visa outros 9 funcionários do órgão

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 19/05/2021, às 11h04

Ministro Ricardo Salles posa com madeira rastreada em 31 de março de 2021
Ministro Ricardo Salles posa com madeira rastreada em 31 de março de 2021 - Divulgação / Instagram / ricardosallesmma

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, justamente do presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Eduardo Bim, e de outros nove agentes públicos em cargos de confiança relacionados ao órgão são alvos de uma operação da Polícia Federal coordenada na manhã desta quarta-feira, 19.

De acordo com o portal G1, a investigação avalia a atuação dos suspeitos em exportações ilegais de madeira aos Estados Unidos e países da Europa, sendo autorizada pelo ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que orientou o afastamento de Bim do comando da instituição ambiental.

Alexandre ainda determinou a suspensão de um despacho emitido em fevereiro de 2020 que possibilitou a exportação de material florestal eliminando a obrigatoriedade de autorizações específicas, solicitando também a quebra dos sigilos fiscal e bancários de Ricardo, de maneira que interferências diretas do ministro possam ser averiguadas.

Alguns dos investigados já se apresentaram a superintendência da Polícia Federal para prestar depoimentos — incluindo Salles, que compareceu ao local por volta das 8h00 da manhã de hoje.