Notícias » Brasil

Rio de Janeiro: Moradores da Favela do Jacarezinho relatam abusos e mortes durante operação policial

25 pessoas morreram na ação que já é considerada a mais letal da história do RJ

Redação Publicado em 07/05/2021, às 09h31

Comunidade no Rio de Janeiro, após operação policial
Comunidade no Rio de Janeiro, após operação policial - Divulgação/ Redes sociais

De acordo com informações publicadas nesta sexta-feira, 7, pelo portal de notícias G1, moradores da Favela do Jacarezinho, na Zona Norte do Rio de Janeiro, denunciaram através de vídeos nas redes sociais e depoimentos para Defensoria Pública, abusos e mortes que aconteceram durante uma operação policial, na última quinta-feira, 6.

Segundo revelado na publicação, 25 pessoas foram mortas baleadas — inclusive um policial civil — durante a ação na comunidade, que já é considerada a mais letal da história do estado do Rio de Janeiro.

De acordo com a Defensoria Pública, os vídeos e os relatos dos moradores demonstram indícios de que a polícia realizou execuções de suspeitos sem chance de rendição, e que, além disso, também alterou a cena de crimes.

Por sua vez, durante uma coletiva de imprensa para tratar do assunto, a Polícia Civil nega irregularidades na operação. Agora, o Ministério Público informou que irá investigar as denúncias, que incluem abuso por parte das autoridades, invasão de casas e truculência contra moradores da comunidade.