Notícias » Saúde

Risco de contágio de covid-19 com máscaras PFF2 é de 0,1%

A conclusão foi obtida em estudo encomendado por instituto alemão em climas controlados

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 06/12/2021, às 14h36

Confecção de máscaras PFF2
Confecção de máscaras PFF2 - Getty Images

Um estudo encomendado pelo Instituto Max Planck, da Alemanha, revela que as máscaras do padrão PFF2, que se estendem pelos modelos de produção como N95, KN95 e máscaras P2, atingem quase 100% de proteção contra o novo coronavírus, mesmo em ambientes onde o clima é desfavorável.

A análise estimou que se uma pessoa infectada pela covid-19 tiver contato com uma pessoa saudável utilizando a máscara padronizada, mesmo que em um ambiente fechado, distância pequena e 20 minutos de diálogo, o risco de contágio é de apenas 0,1%, surpreendendo os pesquisadores pela eficácia da proteção.

A fração é ainda menor caso a pessoa que usa a máscara estiver completado o ciclo vacinal, mas pode varias caso o adereço não esteja posicionado corretamente.

Em âmbito de esclarecimento, o instituto orienta que o clipe de metal superior deve estar bem ajustado ao nariz, o que pode ser facilmente realizado ao pressioná-lo pelas laterais.

Também comparadas as máscaras cirúrgicas, as PFF2, quando bem encaixadas ao rosto, protegem 75 vezes mais do que as simples. Mesmo assim, elas ainda podem reduzir o risco para, no máximo, 10%.