Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Estados Unidos

Robert Crimo, o rapper suspeito de realizar tiroteio em desfile nos EUA

O tiroteio ocorreu no Dia da Independência dos EUA, no último dia 4

Redação Publicado em 05/07/2022, às 13h22

Robert Crimo teria realizado tiroteio em cima de telhado - Divulgação/Polícia de Chicago e YouTube
Robert Crimo teria realizado tiroteio em cima de telhado - Divulgação/Polícia de Chicago e YouTube

Robert E. Crimo III, de 22 anos, é suspeito de causar o tiroteio ocorrido em desfile em comemoração ao Dia da Independência dos EUA realizado em Chicago, no último dia 4. Após o ataque, que deixou pelo menos seis pessoas mortas e mais de 30 feridas, o jovem rapper foi capturado pela polícia depois de algumas horas.

A captura ocorreu perto de Lake Forest, no estado de Illinois, 8 horas após o ataque, e foi entregue à polícia de Highland Park, onde ocorreu o tiroteio. Até o momento, não se sabe a motivação de Crimo para o atentado, como informado pela UOL.

Um perfil em seu nome no IMDB — base de dados online relacinada a filmes, música e games — diz que "Bobby [como também gosta de ser chamado] Crimo [...] é um rapper, cantor, compositor, ator e diretor americano de Chicago". No entanto, as autoridades ainda não confirmaram se o perfil realmente pertence ao jovem.

Crimo possui fotos em suas redes sociais participando de comícios a favor de Donald Trump, além de uma outra envolto em uma bandeira do ex-presidente dos EUA. Além disso, ele conta com uma carreira musical relativamente bem-sucedida, com cerca de 16 mil seguidores em seu perfil da plataforma de streaming de músicas, Spotify.

Robert Crimo III, Awake

Diversos videoclipes com o nome de Robert Crimo, ou então assinados pelo seu nome artístico Awake, aparecem em diferentes plataformas e redes sociais na internet. Em vários de seus vídeos, o rapper parece fazer apologia a armas e tiroteios em escolas.

Exemplo é o videoclipe da música 'On My Mind' ('Na Minha Cabeça', em português), o com mais visualizações do canal do jovem, em que ele é visto em uma sala de aula utilizando um colete e um capacete de operações militares. Em um momento, ele enfia a mão em sua mochila e, após um corte, a sala de aula é vista revirada e parcialmente destruída.

Cena de videoclipe 'On My Mind', de Robert Crimo
Cena de videoclipe 'On My Mind', de Robert Crimo / Divulgação/YouTube

Minhas ações serão corajosas e meu pensamento é desnecessário. Sei o que tenho que fazer, sei o que isso significa, não só para mim, mas para todos os outros", canta Crimo em uma de suas músicas.

Além dessa, em outra canção intitulada 'Are You Awake' ('Você Está Acordado?', em tradução livre), ele afirma que cometeria "um ato que definiria sua vida além de sua capacidade de se conter". Junto ao verso, imagens de recortes de jornal sobre Lee Harvey Oswald — responsável pelo assassinato do presidente John F. Kennedy — surgem na tela.

Seu canal no YouTube foi derrubado após o trágico acontecimento no dia 4 de julho, mas alguns de seus vídeos foram repostados por outras contas. As contas de crimo na plataforma foram excluídas por violar as diretrizes de comunidade dela.