Notícias » Brasil

Roger Abdelmassih é atacado por outro detento em hospital penitenciário

De acordo com a Secretaria da Administração Penitenciária, o criminoso condenado por estupro de pacientes foi agredido por um preso que teve a irmã estuprada

Redação Publicado em 23/10/2020, às 12h36

Ex-médico Roger Abdelmassih ao ser preso no Paraguai
Ex-médico Roger Abdelmassih ao ser preso no Paraguai - Divulgação

Segundo informações publicadas na última quinta-feira, 22, pelo portal de notícias G1, o ex-médico Roger Abdelmassih, sofreu ataques de outro detendo no Centro Hospitalar do Sistema Penitenciário, no Carandiru, na Zona Norte de São Paulo.

De acordo com o porta-voz da Secretaria da Administração Penitenciária (SAP), Nivaldo Restivo, o ataque aconteceu durante à tarde da última quarta-feira, 21, após um preso ser encaminhado ao hospital em decorrência de uma fratura no fêmur.

Segundo a SAP, o homem que iniciou os ataques recentemente teve um caso de estupro em sua família, a vítima em questão foi sua irmã. Ao saber que Abdelmassih estava no mesmo hospital penitenciário o outro detento “pulou sobre Roger e o atacou com as mãos", como revelou a SAP.

Em nota, a Secretaria informou que Abelmassih não ficou ferido. Por sua vez, o outro preso foi rapidamente contido, transferido para outra ala e logo recebeu alta. Roger Abdelmassih foi condenado a 173 anos de prisão pelo estupro de suas pacientes e está internado no local desde 10 de setembro, após ser transferido da penitenciária de Tremembé.