Notícias » Itália

Roubada há 10 anos, estátua do século 1 a.C. é encontrada na Bélgica

Após ser retirada de um sítio arqueológico da Itália, a obra foi identificada por policiais à paisana que desconfiaram de sua origem

Pamela Malva Publicado em 15/04/2021, às 17h00 - Atualizado às 17h03

Fotografias da estátua encontrada
Fotografias da estátua encontrada - Ministério da Cultura Italiano

Há cerca de 10 anos, uma rara estátua do século 1 a.C. foi roubada de um sítio arqueológico romano em Villa Marini Dettina. Agora, segundo informações da CNN, a obra foi encontrada novamente, em uma loja de antiguidades em Bruxelas, na Bélgica.

De acordo com a Unidade de Tutela Carabinieri do Patrimônio Histórico da Itália, a estátua sem cabeça de um Togatus foi identificada por dois policiais à paisana. Na ocasião, os agentes estavam investigando outro caso quando questionaram as origens da curiosa obra. Desconfiados, iniciaram outro processo para identificar o artefato.

Com imagens da obra encontrada em mãos, os oficiais consultaram um banco de dados que reúne informações de artefatos roubados e, assim, descobriram de onde vinha a peça. Valendo cerca de 100 mil euros, a estátua foi confiscada pela polícia.

Em fevereiro, então, a obra foi devolvida para a Itália e, agora, as investigações devem descobrir o que realmente aconteceu com a peça durante todos esses anos. Acredita-se que o furto da estátua faça parte de um rico esquema de tráfico de objetos culturais liderado por um empresário italiano, que já foi denunciado à promotoria de Roma.