Notícias » Arqueologia

Ruínas e 77 relíquias do Paleolítico Médio são encontradas no Irã

Descobertas foram resultado do esforço em montar um mapa arqueológico do país

Ingredi Brunato Publicado em 15/09/2020, às 17h19

Fotografia de uma das fortalezas encontradas.
Fotografia de uma das fortalezas encontradas. - Divulgação/Instituto de Pesquisa em Patrimônio Cultural e Turismo

Na província de Kerman, no sudeste do Irã, foram descobertos mais de setenta artefatos do passado, além de fortalezas em ruínas, cemitérios e fornos. Segundo Shahram Zare, o arqueólogo que lidera a expedição no local, a maioria dos sítios arqueológicos recém-descobertos na região datam do Paleolítico Médio, também conhecido como Idade da Pedra Antiga.

Essa datação, por sua vez, estaria sendo feita tomando por base a morfologia dos objetos encontrados, e comparando com outros semelhantes, que foram encontrados anteriormente. 

“A maioria das ferramentas de pedra são feitas de sílex e algumas são de origem vulcânica, severamente erodidas devido às flutuações de alta temperatura entre o dia e a noite”, explicou ainda Zare. 

A equipe do arqueólogo é parte de um projeto maior, patrocinado pelo Instituto de Pesquisa em Patrimônio Cultural e Turismo do Irã, que está buscando desenvolver um mapa arqueológico do país.