Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rússia

Rússia afirma que projétil ucraniano destruiu posto em fronteira

A informação foi divulgada pelo serviço de segurança russo, nesta segunda-feira, 21

Redação Publicado em 21/02/2022, às 11h55

Imagem dos destroços que tem circulado - Divulgação / Ria Novosti
Imagem dos destroços que tem circulado - Divulgação / Ria Novosti

O Serviço Federal de Segurança da Rússia (FSB) afirmou que um obus supostamente disparado do território ucraniano acabou por destruir a estrutura de um posto russo na fronteira, nesta segunda-feira, 21.

"Em 21 de fevereiro, às 9h50 (horário local), um obus de tipo não identificado disparado do território da Ucrânia destruiu o posto de serviço dos guardas de fronteira na região de Rostov, a uma distância de cerca de 150 km da fronteira russo-ucraniana", disse o FSB.

"Não houve vítimas. O pessoal especializado em desminagem trabalha no local", relatou a agência, que é responsável pelo serviço de guarda de fronteira, conforme informou o portal de notícias UOL.

Segundo a fonte, imagens vídeo que têm sido atribuídas ao FSB e que foram publicadas pela agência pública de notícias Ria Novosti mostram uma pequena estrutura destruída em uma planície arborizada. Também é possível ver escombros espalhados pelo chão.

No último sábado, 19, os líderes separatistas pró-Rússia das autoproclamadas repúblicas de Donetsk e Lugansk, ordenaram uma mobilização militar. Em mensagem de vídeo, o líder de Donetsk, Denis Pushilin, afirmou que pediu "aos compatriotas que estão na reserva que venham aos comissariados militares." A autoridade de Lugansk, Leonid Pasetschnik, assinou um documento semelhante, segundo o portal de notícias.