Notícias » Ucrânia

Rússia diz que imagens do massacre em Bucha foram "encomendadas" pelos EUA

Porta-voz do Kremlin sugere “falsificação” nos vídeos: "Com base no que vimos, não é possível confiar nestas imagens”

Fabio Previdelli Publicado em 04/04/2022, às 13h37

Imagens das vítimas em Bucha, na Ucrânia
Imagens das vítimas em Bucha, na Ucrânia - Divulgação/YouTube/UOL

Após imagens que mostram dezenas de cadáveres de civis espalhados pelas ruas da cidade ucraniana de Bucha, que chocaram o mundo nas últimas horas, representantes russos vieram à público falar sobre os registros brutais. 

Segundo Maria Zakharova, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores, as imagens foram “encomendadas” pelos Estados Unidos como uma forma de culpar a Rússia. "Quem são os mestres da provocação? Claro que são os Estados Unidos e a Otan”, disse na tarde de ontem, 3, em entrevista a uma TV estatal. 

A porta-voz diz que o corrobora com essa narrativa é o fato de que protestos ocidentais surgiram imediatamente após a divulgação das imagens, o que indica que tudo fazia parte de um plano para sujar a reputação de seu país. 

Neste caso, parece-me que o fato de essas declarações [sobre a Rússia] terem sido feitas nos primeiros minutos depois que esses materiais apareceram não deixa dúvidas sobre quem 'encomendou' essa história”, declarou. 

O assunto também foi comentado pelo porta-voz do Kremlin Dmitry Peskov. "Rejeitamos categoricamente todas as acusações", disse. Peskov ainda afirmou que o ministério da Defesa encontrou indícios de “falsificação nos vídeos" e nas imagens que foram divulgadas pelos ucranianos.

"Com base no que vimos, não é possível confiar nestas imagens de vídeo", completou. "Esta informação deve ser seriamente questionada".