Notícias » Rússia

Rússia: Menina de cinco anos passa oito horas presa em bueiro e enfrenta temperatura de -20 °C

Após o resgate, a criança foi levada às pressas para o hospital e agora recebe tratamento

Penélope Coelho Publicado em 22/01/2021, às 11h33

Fotografia de Yana Khairulina
Fotografia de Yana Khairulina - Divulgação/Siberian Times

De acordo com informações publicadas na última quinta-feira, 21, pelo portal de notícias UOL, uma garotinha russa de cinco anos passou por momentos de muita tensão no último domingo, 17.

Na ocasião, a criança caiu em um bueiro na ilha de Sacalina, Rússia, e ficou presa no local por cerca de oito horas. O buraco estava basicamente escondido, em decorrência da neve. De acordo com a reportagem, a temperatura que Yana Khairulina enfrentou foi de -20 °C.

Segundo a publicação, a menina havia pedido para brincar na rua naquele dia, após a demora da filha em retornar, os pais acionaram as autoridades. O caso resultou em uma grande busca na região.

Durante horas, a equipe de resgate e moradores que se prontificaram a ajudar, procuraram pela menina, até que finalmente a encontraram oito horas depois. Contudo, ela estava em uma situação de perigo."Eu estava chamando bem alto, pedindo, por favor, para abrirem a porta", contou Yana em entrevista ao jornal Siberian Times.

Assim que foi retirada do buraco, a menina foi levada às pressas para o hospital mais próximo onde recebeu tratamento para hipotermia. De acordo com os médicos, a criança não apresentou ferimentos graves, mas, ainda está se recuperando e deve receber apoio psicológico. Sabe-se que agora uma investigação separada foi aberta para entender se os pais da menina russa foram negligentes ao deixarem a filha brincar sozinha na rua.