Notícias » Rússia

"A Rússia não permitirá que a URSS diminua seu papel na luta contra o nazismo", afirma Putin em aula aberta

Em transmissão para alunos russos no Dia do Conhecimento, o presidente falou sobre trágicas passagens históricas da nação — e comentou até sobre e-sports

Wallacy Ferrari Publicado em 01/09/2020, às 09h30

Retrato fotográfico do presidente Vladmir Putin
Retrato fotográfico do presidente Vladmir Putin - Wikimedia Commons

O presidente da Rússia Vladmir Putin promoveu nesta terça-feira, 1, a ‘Lição Aberta para Todos os Russos’, evento onde o chefe de estado ministrou uma aula on-line destinada aos alunos de todo o país durante as comemorações do Dia do Conhecimento. Abordando temas históricos e acontecimentos geopolíticos recentes, o russo aproveitou para revisitar passagens marcantes do país.

Em certo momento da transmissão, comentou sobre o papel do Exército Vermelho e dos povos da União Soviética na luta contra no nazismo: "Eles são heróis absolutos e permanecerão nesta capacidade em nossas mentes para sempre. [...] Portanto, nunca devemos nos esquecer disso”, afirmou Putin.

De maneira indireta, alfinetou o lado americano ao citar a Guerra Fria, afirmando que “saíram vitoriosos, se sentiram excepcionais, acham que é possível e necessário mudar a ordem que surgiu depois da Segunda Guerra [...] e reescrever a história”. Apesar da provocação, acrescentou que a paz é de exímia importância para o país e que "não existe experiência mais trágica do que a guerra”.

A Agência Russa de Notícias enalteceu a abertura que Putin deu aos e-sports; o presidente afirmou que cogita organizar campeonatos de jogos eletrônicos nas escolas russas, afirmando que há um temor do vício dos jovens em videogames, porém, observou que ‘Se bem organizado, o processo é extremamente útil”. O projeto está sendo adequado junto a Federação Russa de Esportes Informáticos.