Notícias » Rússia

Rússia: Surgimento de enorme cratera de 50 metros gera curiosidade em pesquisadores

Esse tipo de fenômeno misterioso acontece desde 2014, e recentemente, mais uma cratera foi descoberta na região

Penélope Coelho Publicado em 11/09/2020, às 13h30

Imagem da cratera vista de cima
Imagem da cratera vista de cima - Divulgação/ BECTN

Desde o ano de 2014 um mistério vem rondando a Rússia, mais especificamente a região da Sibéria. O motivo é o surgimento de grandes crateras profundas no local — os fenômenos intrigam especialistas desde então. Recentemente, outra cratera foi encontrada por uma equipe de televisão russa. As informações são da BBC e foram publicadas no portal de notícias UOL.

De acordo com a publicação, a recente descoberta se junta a outras 16 crateras encontradas anteriormente. Dessa vez, o enorme buraco tem 50 metros de profundidade e segundo a mídia local, é o mais impressionante já encontrado.

Fotografia da cratera / Crédito:  Divulgação/ BECTN

 

"O que vimos é surpreendente por seu tamanho e grandeza. São as forças colossais da natureza que criam esses objetos", informou o pesquisador Evgeny Chuvilin, do Instituto Skolkovo de Ciência e Tecnologia, ao jornal Siberian Times.

Mas, afinal de contas, como essas crateras se formam? O especialista afirmou que ainda não pode revelar muitas informações, mas, o que se sabe sobre os fenômenos é que eles acontecem em decorrência do derretimento de uma camada de gelo perene (chamada de permafrost), com a junção da liberação de gás metano, que acontece como consequência — já que estava sob a superfície do gelo.