Notícias » Brasil

Sandro do Sindicato, vereador da cidade de Duque de Caxias, é assassinado com fuzil

O político é o terceiro vereador a ser assassinado no município em um semestre

Redação Publicado em 13/10/2021, às 14h43

Vereador Sandro do Sindicato, de Duque de Caxias
Vereador Sandro do Sindicato, de Duque de Caxias - Reprodução / Facebook

Na manhã desta quarta-feira, 13, o vereador Sandro do Sindicato  — apelido de Alessandro Silva Faria — eleito pelo partido Solidariedade, foi encontrado sem vida na região metropolitana do Rio de Janeiro, em Duque de Caxias, no bairro de Pilar. O político é o terceiro vereador a ser assassinado no município em apenas seis meses.

Alessandro foi morto a tiros de fuzil enquanto dirigia uma van de sua propriedade e faleceu na hora do atentado. O vereador havia sido eleito no ano passado, em 2020, com mais de três mil votos para seu primeiro mandato. 

O assassinato foi primeiro analisado pela 60ª DP (Distrito Policial), mas quem cuidará da investigação será a Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense. Além disso, a Câmara de Vereadores de Duque de Caxias marcou uma reunião nesta tarde, de maneira a cobrar providências da polícia.

Alessandro Silva Faria, ou Sandro do Sindicato, foi o terceiro vereador assassinado na cidade em um período de seis meses, procedendo as mortes de Joaquim José Quinze Santos Alexandre, o Quinzé, e Danilo do Mercado, junto a seu filho Gabriel da Silva.