Notícias » Arqueologia

Seca revela estruturas romanas escondidas no País de Gales

A descoberta está relacionada à antiga campanha do Império Romano para conquistar a região, entre 50 a 80 d.C

Vanessa Centamori Publicado em 16/06/2020, às 10h21

Estruturas dos invasores do Império Romano no País de Gales
Estruturas dos invasores do Império Romano no País de Gales - Divulgação/Direitos da coroa

No País de Gales, pesquisadores encontraram estruturas romanas escondidas, durante as graves secas de 2018, que transformaram a paisagem verde do país em enormes campos marrons.

A secura ajudou os especialistas a detectarem mais de 200 sítios arqueológicos desconhecidos. Agora, eles identificaram que as áreas eram na verdade diversos locais erguidos por invasores do Império Romano, como estradas, trincheiras e edifícios.

Além disso, foram encontrados campos de marcha romanos. Tais lugares revelam os resquícios da campanha dos romanos para conquistar o País de Gales, que ocorreu entre 50 a 80 d.C. Outros dois campos de marcha já tinham sido encontrados em outros locais do país, perto da vila de Caerwent e das Montanhas Negras. 

Terreno estudado pelos arqueólogos no País de Gales / Crédito: Divulgação/Direitos da coroa

 

Os pesquisadores acreditam que encontrar tais campos, onde eram feitas as paradas temporárias durante conflitos, possam ajudá-los a entender melhor as batalhas que ocorreram entre os romanos e os membros de tribos celtas da região. 

Além disso, a pesquisa mostrou a existência de fortes antes desconhecidos, que eram  interligados por estradas. Algumas dessas rodovias antigas podem levar os arqueólogos a descobertas adicionais, em breve.

Por enquanto, o estudo foi interrompido devido às medidas contra a Covid-19. Mas, se for depender só da seca e do tempo escaldante, os achados ainda serão muitos — para se ter uma ideia, o último mês de maio foi o mais quente da história do Reino Unido desde 1896. Esse fenômeno preocupa especialistas, que o relacionam ao aquecimento global.