Notícias » Brasil

Secretaria Especial de Cultura rebate Governo de SP e afirma que financiou restauração do Museu da Língua Portuguesa

Em nota divulgada pela secretaria, a revitalização teria sido concluída com recursos federais

Wallacy Ferrari, sob supervisão de Thiago Lincolins Publicado em 21/07/2021, às 16h09

Fachada do Museu em reforma
Fachada do Museu em reforma - Divulgação / Governo do Estado de São Paulo

A Secretaria Especial de Cultura, órgão integrado ao Ministério do Turismo, rebateu as afirmações do governador de São Paulo, João Dória, de que a reconstrução do Museu da Língua Portuguesa estaria sendo restaurado com recursos do Governo do Estado de São Paulo, como explicou em nota à emissora de TV CNN Brasil.

A secretaria classificou a informação como "errônea" e acrescentou que a reconstrução do edifício está sendo entregue com auxílio do Governo Federal por meio da Lei de Incentivo, destinando R$ 56,6 milhões para a revitalização.

Assim corrigimos a informação divulgada amplamente pelos meios de comunicação, que a reconstrução do Museu seja do Governo de São Paulo. A Secretaria Especial da Cultura informa que já foi tomada as providências, fazendo ofícios de diligência aos proponentes", explica a nota

Também em nota, o Governo de SP argumentou que a participação federal se deu por meio da Lei Rouanet e explicou que a reconstrução total do projeto ultrapassou o custo de R$ 85 milhões — quase R$ 30 milhões a mais do que o declarado pela Secretaria Especial de Cultura.

O Museu da Língua Portuguesa será reinaugurado em 31 de julho, abrindo pela primeira vez desde o incêndio que acometeu parte de sua estrutura original em dezembro de 2015.