Notícias » Arqueologia

Segundo documentário do Discovery, finalmente a cidade perdida de Atlântida foi encontrada

O novo longa traz o argumento de que a civilização lendária teria vivido em uma ilha descoberta no século 19

Ingredi Brunato Publicado em 21/12/2020, às 16h00

Fotografia de pintura encontrada na ilha grega
Fotografia de pintura encontrada na ilha grega - Divulgação/ Youtube

Um documentário recente do Discovery Channel apresentou novas interpretações da famosa descrição de Platão a respeito de Atlântida, apontando que uma ilha grega chamada hoje de Santorini pode ter abrigado um dia a enigmática cidade perdida.

O local, que começou a ser habitado a 3 mil anos atrás, teve sua população dizimada pela erupção de um vulcão em 1605 a.C.. Depois disso, os vestígios da civilização que habitou a ilha foram encontrados apenas no século 19. 

Fotografia de satélite da ilha / Crédito: Divulgação/ Youtube 

 

As impressionantes pinturas, edifícios decorados e ruas pavimentadas reveladas por baixo das cinzas vulcânicas surpreendem os arqueólogos desde então, com as descobertas mais recentes tendo sido feitas ainda no ano passado. 

O documentário traçou diversos paralelos entre as célebres descrições feitas por Platãoe os achados feitos na ilha grega. “As ruínas sugerem que uma civilização altamente sofisticada floresceu aqui por milhares de anos antes de seu fim abrupto”, conclui ainda a narração do longa do Discovery.

Sobre arqueologia

Descobertas arqueológicas milenares sempre impressionam, pois, além de revelar objetos inestimáveis, elas também, de certa forma, nos ensinam sobre como tal sociedade estudada se desenvolveu e se consolidou ao longo da história. 

Sem dúvida nenhuma, uma das que mais chamam a atenção ainda hoje é a dos egípcios antigos. Permeados por crendices em supostas maldições e pela completa admiração em grandes figuras como Cleópatra e Tutancâmon, o Egito gera curiosidade por ser berço de uma das civilizações que foram uma das bases da história humana e, principalmente, pelos diversos achados de pesquisadores e arqueólogos nas últimas décadas.