Notícias » Inglaterra

Segundo jornal, homem é preso após atacar cobra na Inglaterra

Alegando ter sido picado, ele agrediu o animal com um extintor de incêndio e depois golpeou sua cabeça com uma chave de fenda

Alana Sousa Publicado em 13/01/2021, às 15h15 - Atualizado às 22h16

Imagem de uma jiboia-constritora, mesma espécie da cobra atacada
Imagem de uma jiboia-constritora, mesma espécie da cobra atacada - Wikimedia Commons

Segundo o jornal The Chronicle, um homem foi detido na Inglaterra após ter atacado uma cobra da espécie jiboia-constritora com uma chave de fenda. A investigação que estava sendo realizada desde maio de 2020 pela Sociedade Real de Prevenção à Crueldade contra Animais (RSPCA) terminou com a captura do criminoso.

Além de deixar a serpente para morrer em uma rua da cidade de South Shields, o homem (que não teve sua identidade revelada) também atacou o animal com um extintor de incêndio. Para as autoridades, ele alegou que foi picado na perna.

Em entrevista o jornal, a inspetora da RSPCA, Rachel Hurst, falou sobre o caso: “Essa pobre cobra já estava em más condições e provavelmente estava extremamente assustada e confusa. Precisava de ajuda, e ao invés disso foi ferozmente atacada, seriamente ferida e deixada para morrer, conforme os veterinários acreditam, uma morte longa e lenta”.

A investigação teve início depois que Rachel recebeu uma denúncia de um abrigo para moradores de rua, que fica localizado em frente ao local que o crime ocorreu. “Quando eu cheguei na propriedade, me mostraram a varanda da frente e lá havia uma cobra que parecia estar morta. Também havia manchas de sangue no tapete. Quando levantei a cobra, sua mandíbula estava cravada no tapete, o que tornou a remoção difícil”, explicou a mulher.