Notícias » Brasil

Segurança Pública confirma morte de Lázaro Barbosa após prisão

As buscas pelo suspeito terminaram nesta segunda-feira, 28. Pouco tempo depois, o homem foi baleado durante a abordagem

Redação Publicado em 28/06/2021, às 10h30

Momento em que os policiais carregam Lázaro Barbosa
Momento em que os policiais carregam Lázaro Barbosa - Divulgação/Vídeo/Via G1

Logo nas primeiras horas desta segunda-feira, 28, o governador do estado de Goiás, Ronaldo Caiado, revelou que Lázaro Barbosa, procurado há mais de 20 dias, havia sido preso. Poucos momentos depois, contudo, informações do G1 confirmaram que o suspeito foi morto em Águas Lindas de Goiás, aos 32 anos.

Durante o período das buscas pelo suspeito, realizadas por mais de 270 agentes da região, Lázaro invadiu ao menos 11 fazendas, baleou moradores, dois agentes da Polícia Militar e um oficial da Força Aérea Brasileira (FAB), além de ter feito uma família de refém durante cerca de duas horas.

Agora, após ser detido pelos oficias da região, Lázaro Barbosa foi baleado e, segundo o G1, faleceu durante a abordagem. As polícias responsáveis pelas buscas ainda não divulgaram mais informações sobre a morte do suspeito.

Lázaro Barbosa era procurado pelas autoridades de Goiás e do Distrito Federal há 20 dias, suspeito de matar a família de quatro pessoas em Ceilândia. Desde o ocorrido, a polícia realizava buscas na região de Goiás, local onde o sujeito estava escondido, como apontaram investigações. Segundo revelado pelas autoridades, o homem se escondia em áreas rurais, armado, ele invadia fazendas e fazia moradores como reféns.