Notícias » Estados Unidos

Sem acesso a orgânicos na prisão, Viking do Capitólio não come há dias

Detido pela invasão ao prédio do Congresso norte-americano, o réu do Arizona tem uma dieta extremamente restrita

Pamela Malva Publicado em 12/01/2021, às 10h00

Fotografia de Jacob Chansley durante invasão ao Capitólio
Fotografia de Jacob Chansley durante invasão ao Capitólio - Divulgação/Youtube

Dias depois da invasão ao Capitólio, os Estados Unidos prenderam um dos homens que mais viralizou na internet. Fotografado no prédio do Congresso vestido de viking, com um chapéu de chifres, Jacob Chansley foi detido na sexta-feira, 08.

Agora, mesmo depois de preso, o homem de 33 anos continua preocupando as autoridades. Isso porque, de acordo com Martha Chansley, a mãe dele, Jacob não come desde o dia em que foi preso, já que a cadeia não oferece alimentos orgânicos.

Em entrevista à afiliada do canal ABC no Arizona, onde a família mora, Martha ainda defendeu as atitudes do filho durante a invasão. "Ele é um patriota e a pessoa mais gentil que conheço", afirmou, segundo noticiado pelo UOL.

Jacob Chansley durante a invasão discutindo com policial / Crédito: Divulgação/Youtube

 

Nesta segunda-feira, 11, durante uma sessão da corte federal que investiga a invasão, o defensor público que representa o detento explicou a situação. Segundo o advogado, Jacob, que também é conhecido como Jake Angeli, tem uma dieta bastante restrita.

Fotografado em outras manifestações pró DonaldTrump, sempre vestindo roupas de viking, ou em referências a povos indígenas, Jacob foi indiciado por sua participação na invasão ao Capitólio. "Não estou realmente preocupado porque honestamente não quebrei nenhuma regra”, comentou, em entrevista à ABC. “Eu entrei por portas abertas.”

Quanto à dieta do detento, o juiz responsável afirmou que a situação é "profundamente preocupante". Dessa forma, ele exigiu que o defensor público de Jacob vá ao serviço de Delegados dos Estados Unidos, para resolver a singular questão alimentar do réu.