Notícias » Vaticano

Sem máscara, Papa Francisco fala com fiéis aglomerados no Vaticano

Pontífice chegou usando máscara no local, mas a retirou quando saiu do veículo em que estava; aos 83 anos, o argentino tem apenas um pulmão funcionando plenamente

Isabela Barreiros Publicado em 09/09/2020, às 14h15

Fotografia do Papa Francisco
Fotografia do Papa Francisco - Wikimedia Commons

Nesta quarta-feira, 9, o Papa Francisco interagiu com fiéis que estavam aglomerados durante uma cerimônia que aconteceu no Vaticano. O Pontífice chegou ao local utilizando a máscara recomendada pela OMS para a contenção da transmissão do novo coronavírus, mas a tirou quando saiu do veículo quando estava.

Em uma missa, o religioso pediu que os seguidores mantivessem o distanciamento social aconselhado: “Não se aglomerem". A fala foi feita durante um evento realizado no Pátio San Damaso, local que permite a presença de menos pessoas que a Praça São Pedro, onde geralmente ocorre a cerimônia.

O Papa já foi visto, durante missas, utilizando álcool em gel para esterilizar suas mãos de possível contágio e vestindo máscara. Aos 83 anos de idade, Francisco não possui os dois pulmões em pleno funcionamento. Um deles foi danificado devido a uma infecção que o atingiu na juventude.

Segundo o escritor Sergio Rubin, autor de uma biografia autorizada do religioso, em entrevista ao The Guardian em 2013, "ele sente até hoje. Isso o deixa um pouco mais lento, mas ele está OK". A preocupação com o estado de saúde do Pontífice começou logo em 2013, quando ele assumiu a posição na Igreja Católica.