Notícias » Crimes

Senador nigeriano é condenado por assediar mulher em sex shop

Acusado pelo crime cometido em 2019, Elisha Abbo deverá pagar uma indenização milionária para a vítima do caso

Pamela Malva Publicado em 29/09/2020, às 18h00 - Atualizado às 18h26

Fotografia do senador Elisha Abbo, acusado de assédio
Fotografia do senador Elisha Abbo, acusado de assédio - Divulgação/Youtube

No ano passado, o senador nigerianoElisha Abbo foi acusado de assediar uma mulher em uma sex shop em Abuja, capital do país. Agora, o político deverá pagar uma indenização no valor de 50 milhões de Naira nigerianas (cerca de 735 mil reais).

A sentença da Suprema Corte de Abuja, proferida pelo juiz Bature, foi divulgada na segunda-feira, 28, através das redes sociais da equipe jurídica que movia o processo contra o senador — que agora deve desembolsar a quantia milionária .

No mês passado, um tribunal do Território da Capital Abuja havia interferido no processo. Segundo o magistrado Abdullahi Ilelah, faltavam provas de que Elisha Abbo realmente tinha assediado a Sra. Warmate, que o acusava.

O recente julgamento, todavia, correu como um processo civil e, assim, o senador foi condenado ao pagamento da indenização. A sentença foi amplamente compartilhada nas redes sociais, já que muitos nigerianos esperaravam pelo desfecho do caso.