Notícias » Brasil

Sérgio Moro irá se filiar ao Podemos em evento do dia 10 de novembro

O ex-ministro ainda não confirmou se estará participando da corrida presidencial em 2022

Pedro Paulo Furlan, sob supervisão de Isabela Barreiros Publicado em 02/11/2021, às 08h27

Sérgio Moro em 2015
Sérgio Moro em 2015 - Wikimedia Commons

Na última segunda-feira, 1, o Podemos anunciou que o ex-ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, será oficialmente filiado ao partido no dia 10 de novembro. A filiação acontece depois de a empresa global Alvares & Marsal confirmar sua rescisão de contrato com o político.

Convidado pelo partido a concorrer na corrida presidencial de 2022, Sérgio Moro, caso realmente for se candidatar, estará como ‘terceira via’ a seu antigo superior, Jair Bolsonaro, e ao representante que condenou, Luiz Inácio Lula da Silva, Lula.

O anúncio da filiação foi feito através de uma arte que retrata uma foto de Moro por cima de uma grande bandeira do Brasil, convidando para o evento que o tornará parte do partido oficialmente. As informações são do portal de notícias UOL.

Juntos, podemos construir um Brasil justo para todos”, escreve a equipe do Podemos na arte divulgada.

Previamente à sua filiação, Sérgio Moro estava trabalhando nos Estados Unidos como sócio-diretor da empresa Alvares & Marsal, que "em comum acordo decidiram por não mais estarem ligadas profissionalmente". 

O desligamento de Moro era o necessário para que o Podemos pudesse anunciar seu novo afiliado. Este processo estava sendo discutido desde que o político retornou ao Brasil no fim de setembro, e agora é confirmada a sua filiação.