Notícias » Religião

Seriado denuncia corrupção e escândalos em igreja de famosos

Estreando hoje em plataforma de streaming, a instituição contou com fieis famosos no entretenimento

Wallacy Ferrari Publicado em 18/04/2022, às 10h39

Registro da produção
Registro da produção - Divulgação/Discovery+

Um caso de corrupção, abusos e diversas falhas morais em uma famosa igreja cristã norte-americana foi transformado em série, lançada nesta segunda-feira, 18.

Na produção original do serviço de steaming Discovery+, os membros da igreja Hillsong, famosa por seus frequentadores célebres e jovens, torna-se protagonista da polêmica produção 'Hillsong: O Escândalo por Trás da Megaigreja‘.

Anteriormente aderida por Justin Bieber e Nick Jonas, a postura moderna ao deixar de lado a figura conservadora na religião se dá pelo líder Carl Lentz, que pratica musculação, ostenta tatuagens e até mesmo itens de luxo.

Contudo, a figura de referência da igreja chama atenção por problemas internos; em 2014, o pastor chegou a ser preso e chamou ainda mais atenção midiática por tratar a situação como uma reconexão a Deus.

As denúncias do seriado, no entanto, ultrapassam a conduta contestável do religioso; provas de que os artistas possuíam área VIP dentro dos cultos enaltecem as acusações de segregação, além de explicar que toda a obra produzida pela Hillsong é cuidadosamente pensada para induzir a manipulação de fiéis.

Com música, por exemplo, até mesmo a estrutura harmônica das canções religiosas é analisada, enaltecendo que desde as letras até sequências de notas musicais são meticulosamente produzidas para causar a sensação de que o fiel tem uma culpa com Deus que precisa compensar ao frequentar a instituição.

Confira abaixo o trailer de 'Hillsong: O Escândalo por Trás da Megaigreja‘: