Notícias » Brasil

Serial killer 'Monstro da Favela Alba" será julgado em março de 2022, em SP

Homem é acusado de ter matado e enterrado 5 pessoas em sua casa, na Zona Sul da capital paulista

Redação Publicado em 16/12/2021, às 12h09

Pessoas observam roupas encontradas na casa do pintor
Pessoas observam roupas encontradas na casa do pintor - Divulgação / G1

Um homem conhecido como “Monstro da Favela Alba” será julgado no dia 18 de março do ano que vem, acusado de ter assassinado cinco pessoas e as enterrado em sua residência, no ano de 2015, na Zona Sul de São Paulo. Jorge Luiz Morais de Oliveira, o acusado, tem 47 anos e se encontra preso.

“Todas as vidas valem muito. No caso, lutaremos por um julgamento justo e pela responsabilização do acusado na exata medida do que provarmos em relação aos cinco homicídios”, declarou ao G1 o promotor Paulo Henrique Arantes.

No ano de 1996, o mesmo homem foi condenado por dois outros assassinatos, cometidos no bairro de Jabaquara em 1994 e 1995. Ele foi solto no ano de 2013, após o cumprimento da pena.

Em 2015, foi acusado de estuprar uma mulher dentro da casa dele. A vítima sobreviveu e denunciou não apenas o crime cometido contra ela, mas também a cena de horror que viu na residência: havia cadáveres enterrados no local.

De acordo com o Ministério Público, as vítimas do serial killer eram todas homossexuais ou usuárias de drogas, sendo que, segundo a acusação, os assassinatos eram cometidos por esses motivos.