Notícias » Entretenimento

Série de TV encontra primeiro zoológico da história de 6 mil anos, no Egito

A pesquisa, promovida pelo Channel 5, revelou restos mortais de hipopótamos, búfalos, elefantes, gatos selvagens e macacos

Wallacy Ferrari Publicado em 06/08/2020, às 09h52

Trecho das buscas na série de TV
Trecho das buscas na série de TV - Divulgação/Channel 5

Uma equipe de pesquisadores liderada pela doutora Renee Friedman afirma ter encontrado o que seria o “primeiro zoológico do mundo” em uma cidade egípcia abandonada. A área de Hieracômpolis era habitada por uma antiga civilização religiosa e política do Alto Egito, residindo no local entre por volta de seis mil anos atrás.

Com registros históricos do final da era pré-histórica, situando a civilização entre 3.200 a.C. e 2.686 a.C., a nova descoberta localizou uma área de aproximadamente 4.800 metros quadrados com dezenas de túmulos estranhamente dispostos debaixo da terra. A escavação é promovida pelo Channel 5, que transmite uma série de TV arqueológica contando com Renee como protagonista.

Renee Friedman estuda o local desde 2001, mas Hieracômpolis é considerado uma área importante para a história da civilização egípcia há mais de 100 anos, visto que grandes quantidades de importantes artefatos foram localizadas na cidade, em 1898. Na nova descoberta, a emissora divulgou que as escavações resultaram na descoberta de restos mortais de hipopótamos, búfalos, elefantes, gatos selvagens e macacos.

Em entrevista ao tabloide Express, a pesquisadora explicou que a antiga civilização capturou e exibiu os animais como uma demonstração de poder no Egito antigo: "Ter animais provaria que o soberano do local era rico e poderoso”.