Busca
Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaYoutube Aventuras na HistóriaTiktok Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / John Lennon

Série sobre assassinato de John Lennon ganha trailer

"John Lennon: Assassinato sem julgamento" é uma minissérie documental que revisita os eventos que cercam a morte do músico dos Beatles; confira!

Ingredi Brunato Publicado em 28/11/2023, às 12h39

WhatsAppFacebookTwitterFlipboardGmail
John Lennon em sua casa no ano de 1971 - Divulgação/ Apple TV+
John Lennon em sua casa no ano de 1971 - Divulgação/ Apple TV+

Com três episódios, a minissérie documental "John Lennon: Assassinato sem julgamento" recontará a trágica morte do famoso membro dos Beatles com documentos e entrevistas exclusivas. 

A produção, criada pela Apple TV+, revisita a cena do crime, entrevista testemunhas oculares e se aprofunda na posterior investigação e condenação de Mark David Chapman — que confessou o homicídio

A série está prevista para ser lançada internacionalmente no próximo dia 6 de dezembro, durante a semana na qual o assassinato do lendário artista, que tinha apenas 40 anos quando foi alvo do atentado, completa 43 anos. 

Conforme revelado pela sinopse da Apple TV+, a produção é "um trabalho minucioso de pesquisa" e conta com diversas informações conseguidas através da Lei de Liberdade de Informação do Departamento de Polícia de Nova York. 

Entre as pessoas que aparecem ao longo dos três episódios, estão um motorista de táxi que viu o tiroteio acontecer, o porteiro do prédio onde John Lennon vivia (que teria ouvido as últimas palavras do artista), um amigo do ex-Beatle e de sua esposa, a psiquiatra que avaliou Chapman e outros. 

Veja abaixo o recém-lançado trailer: 

O caso 

Na noite de 8 de dezembro de 1980, John Lennon e sua esposa, YokoOno, estavam na frente do imóvel onde moravam na cidade de Nova York quando o cantor e compositor foi atingido por uma saraivada de balas. 

O atirador era Mark David Chapman, de 25 anos, que havia pedido um autógrafo para Lennon mais cedo naquele dia, mas foi recusado. 

Receba o melhor do nosso conteúdo em seu e-mail

Cadastre-se, é grátis!