Notícias » Crimes

'Socorro, não aguento mais': mulher pede ajuda em programa de rádio

Em mensagens enviadas ao apresentador, a vítima afirmou que estava sendo ameaçada pelo marido, que foi detido como suspeito

Pamela Malva Publicado em 24/03/2021, às 13h00 - Atualizado às 13h21

Imagem meramente ilustrativa de mesa de mixagem
Imagem meramente ilustrativa de mesa de mixagem - Divulgação/Pixabay

Enquanto apresentava uma entrevista com um delegado na última terça-feira, 23, um radialista se assustou com mensagens que recebeu de uma ouvinte. Segundo o G1, a mulher pedia socorro, porque estava sendo mantida em cárcere privado pelo marido.

O caso aconteceu em Vacaria, na Serra do Rio Grande do Sul, durante uma conversa entre o oficial Anderson Silveira de Lima e o radialista. De acordo com o delegado, entre as mensagens que enviou, a mulher afirmou que o marido a estava ameaçando.

Frente à denúncia inesperada, o agente encaminhou as mensagens da vítima para a polícia de Bom Jesus, onde a mulher dizia morar. Logo em seguida, uma equipe de oficiais foi enviada até a propriedade onde o crime estaria acontecendo.

Imagens dos pedidos de socorro da mulher / Crédito: Divulgação

 

Na residência rural e de difícil acesso, os agentes da Polícia Civil verificaram o crime e libertaram a mulher, que afirmou sofrer abusos domésticos há mais de 20 anos. O suspeito, por sua vez, foi preso em flagrante e levado ao Presídio Estadual de Vacaria.

Agora, o marido da vítima deve responder por cárcere privado, violência doméstica e posse ilegal de arma de fogo. “O casal tem quatro filhos, todos menores de idade, e o relato da mãe é que eles também sofriam o mesmo tipo de represálias do pai”, narrou o delegado Ancelmo Carvalho Camargo, responsável pela investigação.

Ainda de acordo com o oficial, a mulher e os filhos eram constantemente ameaçados pelo homem, sempre sob a mira da arma de fogo. Por fim, então, a polícia deu entrada em um pedido de medida protetiva para a vítima, além da prisão preventiva do suspeito.