Notícias » Arqueologia

Soldado canadense da Segunda Guerra é identificado

Morto no começo de 1945, o oficial foi enterrado como desconhecido, mas agora terá uma lápide digna

Isabela Barreiros Publicado em 03/11/2020, às 14h06

O soldado canadense Henry George Johnston
O soldado canadense Henry George Johnston - Divulgação - Departamento de Defesa Nacional

Ontem, 3, o Departamento de Defesa Nacional do Canadá anunciou que, depois de décadas, um soldado que lutou durante a Segunda Guerra Mundial foi identificado. A ação faz parte do Programa de Identificação de Vítimas das Forças Armadas Canadenses, que desde 2007 é responsável por nomear restos mortais do período.

Os pesquisadores identificaram o policial Henry George Johnston de Chauvin Manitoba, que se alistou para a guerra em 1943 na cidade canadense de Calgary. No ano seguinte, ele foi enviado para o Regimento de Transporte de Pessoal Blindado Canadense.

A morte do soldado aconteceu durante a Operação Blackcock, realizada no Triângulo Roer, uma região estratégica que conta com as cidades de Roermond e Sittard, na  Holanda, e Heinsberg na Alemanha. Ele morreu em combate no dia 17 de janeiro de 1945.

Logo após a conflito, Johnston foi enterrado como um ‘soldado desconhecido’ no Cemitério de Guerra Mook da Comissão de Túmulos de Guerra da Commonwealth, na Holanda. Os restos mortais foram identificados somente na última semana e ele será colocado em uma nova lápide, agora com seu nome.