Notícias » Arqueologia

Stonehenge lusitano? Misteriosos círculos de madeira de 4500 anos intrigam arqueólogos portugueses

Além das semelhanças estéticas, pesquisadores acreditam que construção em Portugal possa ter sido feita no mesmo momento e para o mesmo propósito que o monolítico inglês

Ingredi Brunato Publicado em 11/08/2020, às 14h30

Fotografia da escavação em andamento.
Fotografia da escavação em andamento. - Divulgação/ Era Arqueologia S.A. Empresa

No sítio arqueológico do complexo de Perdigões, em Portugal, onde as escavações são lideradas por António Valera — arqueólogo da empresa Era Arqueologia —, foram encontrados vários círculos de madeira. Embora apenas cerca de um terço destes tenham sido escavados até agora, os pesquisadores estimam que a construção ocupe uma área vinte metros de diâmetro. 

“Nós o interpretamos como um local cerimonial”, revela Valera. Foi identificada uma abertura em um dos círculos que parece estar alinhada com o solstício de verão, que é o dia mais longo do ano, e tinha grande importância para civilizações antigas por marcar o início de um novo ciclo. 

O complexo cerimonial teria sido construído entre 2800 a.C e 2600 a.C, aproximadamente no mesmo período durante o qual o Stonehenge foi construído. Porém as semelhanças não param por aí: a disposição do local também parece seguir o mesmo design, com postes de madeira circulando a área. 

 A escavação no complexo de Perdigões já está em andamento por mais de duas décadas, e o que os pesquisadores acreditam até então é que o local tenha sido usado para atividades funerárias e cerimoniais.