Notícias » Civilizações

Sul-asiáticos modernos têm descendência direta dos habitantes do antigo Vale do Indo, diz análise de DNA

Pela primeira vez, foi possível encontrar o DNA de um indivíduo de Harappa, o que revelou seus descendentes genéticos e sua autonomia na criação da agricultura

André Nogueira Publicado em 06/09/2019, às 09h30

None
Reprodução

Em inovadora análise de DNA de sepultamentos no Vale do Indo (5.000 anos atrás), pesquisadores de Cambridge revelaram a descendência direta dos asiáticos do sul atuais com a misteriosa civilização de Harappa, cujo sistema de escrita não foi decifrado ainda. É a primeira extração de código genético da antiga Civilização do Vale do Indo realizada na História.

Segundo Vagheesh Narasimhan, um dos principais autores da nova pesquisa e pós-doutorado em genética na Harvard Medical School, o clima quente e úmido da região impede a boa conservação da dupla-hélice, conseguindo acessar apenas o código de um indivíduo entre 61 enterramentos em Rakhigarhi .

O corpo que revelou o DNA / Crédito: Reprodução

 

 "Cerca de dois terços a três quartos da ascendência de todos os sul-asiáticos modernos vem de um grupo populacional relacionado ao indivíduo desse vale do Indus", disse Narasimhan. A origem dos harapeanos é um enigma mais complexo, porém a descendência desses povos foi revelada com a análise, que também possibilitou confirmar que os povos do Indo não possuem relação parental direta com os vizinhos do atual Irã.

Mapa da região estudada / Crédito: Reprodução

 

Isso também significa que a invenção da agricultura no Vale do Indo ocorreu de maneira autônoma e independente,sem o advento de imigrações de regiões já agricultáveis, como o Crescente Fértil. "Ele [o Vale] diverge em um momento anterior ao advento da agricultura em quase qualquer lugar do mundo", disse Narasimhan.

Harappa pode ter desenvolvido o plantio por conta própria ou a partir de ideias encontradas em outros lugares, mas tudo indica que nunca houve a presença de vizinhos do Irã ou do Crescente Fértil no local que poderiam trazer essa carga cultural.