Notícias » Mundo

Suposto quadro original de Picasso é encontrado em sótão de casa fechada por 50 anos

Norte-americano encontrou a obra na residência que herdou de sua tia-avó — uma colecionadora de arte

Ingredi Brunato, sob supervisão de Fabio Previdelli Publicado em 17/07/2021, às 08h57

Fotografia de quadro encontrado
Fotografia de quadro encontrado - Divulgação / John McInnis Auctioneers

Segundo repercutido pelo Correio Braziliense na última quinta-feira, 15, um homem nos Estados Unidos encontrou o que parecia ser um quadro original do célebre Pablo Picasso no sótão de uma casa que lhe foi deixada pela tia-avó. O local havia permanecido fechado durante as últimas cinco décadas. 

A pintura foi leiloada no fim do mês passado por uma quantia equivalente a 765 mil reais, todavia ainda precisa ser avaliada pela Administração Picasso para que se confirme que é mesmo uma obra autêntica. 

O vendedor, que preferiu manter-se anônimo, revelou que sua tia-avó era uma colecionadora de peças de arte raras, muitas adquiridas durante o período que estudou na Europa, na década de 1920. O sótão de sua casa continha ainda outros quadros, além daquele que é assinado por Picasso

Segundo foi estimado, a pintura encontrada, que apresenta uma data de 1919, seria um esboço da famosa obra “Le Tricorne”, que é a maior do artista em termos de dimensões físicas. 

Ainda de acordo com o Correio Braziliense, o comprador do quadro terá um prazo de 240 dias para conseguir provar para os especialistas da Administração Picasso que a peça é realmente aquilo que promete ser.

Caso os membros da organização concluam que se trata de uma falsificação, ele terá a chance de devolver a pintura para a casa de leilões, tendo o valor dela reembolsado. 

A princípio, todavia, o quadro parece ter boas chances de ser um original, uma vez que é uma obra única, e não uma cópia de alguma outra peça do pintor.