Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Crime

Suspeito de tiroteio em shopping na Dinamarca é acusado de assassinato

Atirador de 22 anos ficará detido em ala psiquiátrica

Redação Publicado em 04/07/2022, às 17h38

Registro amador feito no momento que a polícia conteve o suposto atirador - Divulgação/ Twitter/ Arquivo Pessoal
Registro amador feito no momento que a polícia conteve o suposto atirador - Divulgação/ Twitter/ Arquivo Pessoal

No último domingo, 3, um shopping center na cidade de Copenhague, capital da Dinamarca, foi alvo de um tiroteio que deixou um saldo de 3 mortos e 10 feridos, chocando o país. 

O suspeito, um homem de 22 anos de idade que foi preso treze minutos após as autoridades serem alertadas do ataque, sofreria de transtornos mentais, de acordo com os oficiais responsáveis pelo caso. 

De acordo com informações repercutidas pela BBC, os promotores determinaram que o atirador, que agiu sozinho, não teve motivações terroristas, de forma que suas vítimas foram aleatórias.

Em uma audiência ocorrida nesta segunda-feira, 4, o réu, cuja identidade foi mantida oculta devido a uma ordem judicial, foi acusado de assassinato. Ele passará os próximos 24 dias contido em uma ala psiquiátrica. 

Consequências 

O shopping center onde se deu o episódio de violência armada fica próximo de uma escola secundária e de uma república estudantil, de forma que costuma ser frequentado por um público mais jovem.

Duas das vítimas fatais, por exemplo, eram adolescentes de 17 anos, e dois dos quatro feridos em estado mais grave também estavam nessa faixa de idade. 

Também havia uma apresentação musical de Harry Styles prevista para ocorrer naquela tarde a cerca de um quilômetro e meio do local do crime. Como resultado do ataque, o show foi cancelado.