Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Bizarro

Tela de 2 metros instalada no aeroporto Santos Dumont exibe filmes pornôs

O painel de LED chamou atenção de funcionários e passageiros que transitaram no local na manhã desta sexta-feira, 27

Wallacy Ferrari Publicado em 27/05/2022, às 16h10

Divulgação / Redes sociais
Divulgação / Redes sociais

Uma cena bizarra foi presenciada por funcionários e passageiros do aeroporto Santos Dumont, no Rio de Janeiro, durante a manhã desta sexta-feira, 27; um painel de LED, com 2 metros de altura e cerca de 90 polegadas de imagem, estava exibindo a página inicial de um site erótico em pleno saguão, com diversas prévias de filmes pornográficos estampando a tela.

O totem não era interativo, impossibilitando a retirada das imagens por meio de manipulação. Contudo, poucos minutos após aparecer, a controladora do equipamento acionou o desligamento, além de direcionar uma denúncia a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária).

O órgão não apontou um ataque hacker, mas afirmou, de acordo com o portal de notícias UOL, que apura o ocorrido, além de responsabilizar a empresa terceirizada pela geração de imagens no espaço destinado a publicidade, realizando um boletim de ocorrência e comunicando a Polícia Federal.

Nota da Infraero

"Ao tomar conhecimento da publicação indevida em um dos monitores publicitários do Aeroporto de Santos Dumont, a Infraero tomou as medidas legais cabíveis, com registro de boletim de ocorrência e comunicação à Polícia Federal, bem como a notificação da empresa terceirizada responsável pela sua gestão para tomar providências quanto à segurança das informações veiculadas em totens de mídia nesta sexta-feira (27).

Ressaltamos que o conteúdo exibido nos monitores de mídia é de responsabilidade das empresas exploradoras de publicidade, que utilizam redes lógicas e sistemas próprios de divulgação, não tendo qualquer relação com o sistema de informação de voos da Infraero.

Nesse sentido, reforçando seu compromisso com a segurança de seus passageiros, informamos que os monitores relacionados ao caso permanecerão desligados em nossa rede de aeroportos até que esteja garantida pela empresa exploradora de mídia sua confiabilidade".