Notícias » Idade do Ferro

Templo sagrado de quase 3 mil anos é restaurado na Turquia

O castelo do Reino de Urartu é um dos monumentos mais impressionantes da cultura urartiana

Alana Sousa Publicado em 28/07/2020, às 12h15

Pesquisadores restaurando uma das paredes do castelo
Pesquisadores restaurando uma das paredes do castelo - Divulgação/Universidade de Ataturk

Uma equipe de 30 especialistas, sob a direção de Mehmet Isikli, professor de arqueologia da Universidade de Ataturk, está trabalhando para restaurar um castelo de 2.700 anos, construído por Rusa II, que liderou o Reino de Urartu, datado da Idade do Ferro. O monumento está localizado na Turquia.

Apesar do trabalho de restauração ter iniciado há 30 anos; em 2020, os pesquisadores estão determinados em terminar o projeto. O foco maior é o Templo Haldi, um dos locais mais sagrados do território urartiano.

Especialistas dentro do Templo / Crédito: Divulgação/Universidade de Ataturk

 

“Nosso objetivo é o Templo Haldi, que é a parte mais importante do castelo, e os complexos de edifícios associados a ele”, afirmou o professor Isikli. “Especialmente no templo, há paredes decoradas com ornamentos definidos como intaglio feitos em talha de pedra que são únicos no mundo”, complementou.

Após a restauração ser concluída, os arqueólogos pretendem transformar o lugar em um museu ao ar livre, não só para exibir a beleza do castelo, mas para também relembrar a importância histórica da antiga civilização.

“Planejamos criar um museu ao ar livre que proteja toda a área do templo em torno de um telhado e compartilhe os valores sagrados dos urartianos e reflita sua cultura”, declarou Mehmet Isikli.