Notícias » Bizarro

Templo Satânico oferece bolsas de estudo para formados no Ensino Médio

Segundo a Associated Press, as atribuições, que são dadas aos vencedores de um concurso, são apelidadas de "bolsas de advogado do diabo"

Redação Publicado em 24/07/2020, às 16h12

Logo do Templo Satânico
Logo do Templo Satânico - Divulgação/The Satanic Temple

Segundo informou a agência Associated Press, o grupo ativista não-teísta Templo Satânico, que usa imagens satânicas, mas prega também bandeiras como igualitarismo e a separação entre a Igreja e o Estado, está lançando uma bolsa de estudos para estudantes do ensino médio.

A atribuição tem o nome inusitado de "bolsa de advogado do diabo" e dá um valor de 500 dólares (R$2.595,65, na atual cotação) para os alunos. Podem se inscrever quaisquer estudantes adeptos ao grupo. O formulário, que está aberto até 31 de agosto, pede que o candidato diga o que fez para promover os ideais da organização. 

Além disso, segundo a revista Time, é solicitado ao estudante que ele descreva um professor que "esmagou seu espírito, minou sua autoconfiança e o fez odiar a cada minuto que era forçado a frequentar a escola".

Tal exigência ocorre pois o Templo Satânico se opõe à educação obrigatória. Segundo o co-fundador da organização, Malcolm Jarry, a bolsa surge justamente na atenção de alertar para essa questão, que, segundo ele, "viola os direitos civis fundamentais dos alunos e enraíza a obediência à autoridade não merecida".

As bolsas, ainda de acordo com Jerry, "servem para recompensar aqueles que adotam o individualismo, a empatia, o pensamento livre e o ceticismo em relação à instituição opressora que foram forçados a suportar". A resposta à essa ideia pode ser em forma de poema ou filme. O trabalho vencedor será exposto no site oficial do Templo Satânico.