Notícias » Estados Unidos

"Tempo dirá” quem será presidente em 2021, diz Trump em discurso

Mesmo com a derrota confirmada, o republicano ainda não aceitou o resultado das eleições. Declaração ocorreu em primeiro discurso do futuro ex-presidente após apuração dos votos

Fabio Previdelli Publicado em 14/11/2020, às 08h33

Fotografia de Donald Trump
Fotografia de Donald Trump - Wikimedia Commons

Ontem, 13, o futuro ex-presidente americano Donald Trump deu seu primeiro discurso após as eleições. Ao comentar sobre um possível lockdown (confinamento), ele ignorou a derrota para Joe Biden e afirmou que “o tempo dirá” quem estará no comando do país no próximo ano.  

“Eu não vou, esta gestão não vai entrar em um lockdown. Com sorte, aconteça o que acontecer no futuro [...] Quem sabe qual será o governo [no próximo ano]. Acho que o tempo dirá. Mas posso dizer a vocês: esta gestão não vai decretar um lockdown", a fala foi dita após os Estados Unidos bater recordes de novos casos de infecções pelo novo coronavírus nos últimos dias.  

“O lockdown custa vidas, custa muitos problemas. A cura não pode ser pior que o problema em si, já disse isso muitas vezes", declarou. Como fez em outras ocasiões, o republicano afirmou que o número de casos cresceu porque houve um aumento no número de testagens, algo, que segundo a CNN, não é verdade.  

A emissora americana, de acordo com o UOL, apontou que o número de casos no país aumentou em 41%, enquanto os testes bateram a marca dos 13%. Segundo apontamento da Universidade Johns Hopkins, o país registrou mais de 500 novos mil casos desde a última segunda-feira, 9. Com isso, a perspectiva é que os 10,7 milhões de infectados, números de ontem, ultrapassem a marca dos 11 milhões nos próximos três dias.