Notícias » Inglaterra

Terço da rainha Maria da Escócia é roubado na Inglaterra

Ladrões invadiram o Castelo de Arundel e levaram peças históricas e valiosas

Penélope Coelho Publicado em 26/05/2021, às 07h15

Retrato da rainha Mary Stuart, da Escócia
Retrato da rainha Mary Stuart, da Escócia - Domínio Público / Blairs Museum / Wikimedia Commons

De acordo com informações publicadas na última segunda-feira, 24, pela Band, na última sexta-feira, 21, ladrões invadiram o Castelo de Arundel, na Inglaterra, e levaram peças históricas e valiosas do local.

Segundo revelado na publicação, os bandidos lavaram o terço que a rainha Mary Stuart, também conhecida como rainha Maria da Escócia, usou em sua execução no ano de 1587. A rainha foi decapitada, acusada de estar envolvida em uma conspiração para o assassinato da então rainha da Inglaterra, sua prima, Elizabeth I, sabendo disso, a monarca a condenou à morte.

Segundo a polícia, durante o roubo os invasores também levaram outros objetos de ouro e prata com valor histórico inestimável. De acordo com a reportagem, até o momento, nenhuma peça foi recuperada pelas autoridades locais.

De acordo com o portal Live Science, a polícia trabalha com a possibilidade de que os bandidos entraram por uma das janelas do castelo e que quebraram a porta de vidro do armário onde as valiosas peças estavam.

Os ladrões fugiram antes que os seguranças respondessem ao disparo do alarme. Um veículo 4x4 foi encontrado abandonado nas proximidades do castelo. As autoridades investigam se o carro foi utilizado no roubo.