Notícias » Ucrânia

Teria matado 40 pessoas: Sniper das tropas russas é capturada pela Ucrânia

A atiradora sérvia Danijela Lazović luta ao lado dos russos desde 2014 e é conhecida como Bagheera, pantera negra de livro que inspirou ‘Mogli’

Redação Publicado em 28/03/2022, às 13h15 - Atualizado em 02/04/2022, às 08h00

A atiradora Danijela Lazović
A atiradora Danijela Lazović - Divulgação/Facebook/ Інформагентство АрміяInform

A sniper sérvia Danijela Lazović, que apoia a Rússia na Ucrânia desde 2014, foi capturada pelo exército ucraniano, anunciaram as autoridades ucranianas em comunicado publicado no Facebook na última sexta-feira, 25.

Na publicação, repercutida pelo jornal O Globo, Lazović é acusada de ter matado ao menos 40 pessoas desde o começo do conflito no país, incluindo civis.

A mulher provavelmente usava uma identidade militar falsa durante a guerra, se passando por Irina Starikova, supostamente nascida em Donetsk. O livreto também foi compartilhado pelas autoridades ucranianas no Facebook.

Bastante conhecida entre as tropas da Ucrânia, a atiradora é chamada de Bagheera, nome da pantera negra de "O Livro da Selva", inspiração da famosa adaptação de "Mogli: O menino lobo".

A sérvia, nascida em Gornji Milanovac, teria passado por uma série de situações diferentes antes de chegar ao conflito na Ucrânia. Ela teria sido jogadora de handebol, freira e foi, inclusive, condenada por tráfico de drogas.

Lazović chegou no leste da Ucrânia em 2014 como parte do Regimento de Voluntários Hussardo da Sérvia, unidade paramilitar que atuou em conflitos na região na década de 1990.