Notícias » Entretenimento

"Terríveis": Woody Allen detona títulos de seus filmes no Brasil em nova entrevista

No programa "Conversa com Bial", o cineasta comentou sobre adaptações de suas obras, descrevendo as mudanças como "sem imaginação"

Alana Sousa Publicado em 08/02/2021, às 14h10

Woody Allen em evento no ano de 2016
Woody Allen em evento no ano de 2016 - Wikimedia Commons

Durante uma entrevista para o programa Conversa com Bial, da Rede Globo, que irá ao ar no próximo dia 9, o polêmico cineastaWoody Allen confessou duras críticas em relação à adaptação de títulos de seus filmes para o português. A informação foi divulgada pela Rolling Stone Brasil.

Entre “terríveis”, “sem imaginação” e “sem charme”, o americano comentou com o apresentador Pedro Bial em uma prévia sobre o tema: “Sempre quero que os títulos sejam iguais aos que dou. Alguns países dão os mesmos, mas outros me ligam e dizem: 'Isso não faz sentido aqui', então dão outros títulos. Geralmente, não gosto dos títulos que outros países dão aos meus filmes”.

 
 
 
 
 
Ver essa foto no Instagram
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 

Uma publicação compartilhada por Conversa com Bial (@conversacombial)

 

De fato, os títulos das obras de Allen ganharam títulos bem distantes dos originais em solo brasileiro. Por exemplo, ‘Take The Money and Run’ (1969) foi adaptado para ‘Um Ladrão Muito Atrapalhado’, o que desapontou o cineasta, que explicou que “o título original é divertido na Inglaterra e nos EUA, mas 'Um Ladrão Muito Atrapalhado' não mostra nenhuma imaginação, porque já diz o que o personagem é. Se eu desse esse nome nos EUA, as pessoas ainda iriam assistir, mas é um título sem charme”.

Apesar de opinar fortemente sobre as transformações artísticas, Woody se mostra conformado sobre suas limitações quando ao assunto. “Algumas distribuidoras mudam os títulos de forma sofisticada. Outras mudam para tentar chegar ao título mais comercial e lucrativo que podem, mas não posso fazer nada quanto a isso”.

Além de passar por sua carreira profissional, que conta com diversos filmes e mais de 20 indicações ao Oscar. Woody Allen é frequentemente lembrado pela série de escândalos sexuais e controvérsias familiares em que esteve envolvido.