Notícias » Noruega

Terrorista faz saudação nazista em audiência de liberdade condicional

Há dez anos, Anders Behring Breivik matou 77 pessoas em atentados na Noruega

Penélope Coelho Publicado em 18/01/2022, às 12h37

Vigília, após atentados na Noruega
Vigília, após atentados na Noruega - Getty Images

Nesta terça-feira, 18, o terroristaAnders Behring Breivik participou de uma audiência para pedir por sua liberdade condicional, dez anos depois de matar 77 pessoas em atentados, na Noruega.

Na ocasião, o extremista entrou na sala usando terno e segurando uma placa com a seguinte mensagem: ‘Parem seu genocídio contra nossas nações brancas’. O homem olhou pra os juízes e em seguida fez uma saudação nazista.

De acordo com informações publicadas pelo jornal O Globo, Behring foi condenado 2012, a cumprir 21 anos de prisão com possibilidade de prorrogação.

Segundo revelado na reportagem, o terrorista foi o responsável por jogar uma bomba na sede do governo, localizado na capital norueguesa, Oslo. O ato criminoso causou oito mortes.

Enquanto as autoridades estavam mobilizadas neste atentado, Anders atacou novamente, matando mais 69 pessoas. As vítimas eram em sua maioria crianças e adolescentes, que estavam em um acampamento de verão, na ilha de Utøya.

Com a recente atitude no tribunal e com seus históricos de crimes, especialistas acreditam que seja pouco provável que Breivik consiga a liberdade condicional.