Notícias » Segunda Guerra

Tesouro da Segunda Guerra é encontrado em castelo do século 14 na Polônia

Os arqueólogos envolvidos na descoberta acreditam que os artefatos podem estar ligados aos os judeus que viviam na cidade ou ter sido roubados e enterrados por alemães

Isabela Barreiros Publicado em 16/06/2020, às 07h00

Os artefatos do tesouro
Os artefatos do tesouro - Associação Histórica e Exploratória de Nowy Sącz

Pesquisadores encontraram, na cidade de Nowy Sącz, na Polônia, um tesouro de prata da Segunda Guerra Mundial. A descoberta foi feita nas ruínas do castelo do século 14 durante um trabalho arqueológico da Associação Histórica e Exploratória de Nowy Sącz e noticiada pelo jornal polonês The First News.

“Começamos a extrair um papel delicadamente, que apareceu primeiro. Estava em muito mau estado. Depois de um tempo, vimos prata, muita prata”, disse o detetive-chefe da escavação, Stanisław Pustułka. Ao retirar os velhos pedaços de papel, puderam encontrar artefatos como cálices de prata, talheres e artefatos de mesa.

Crédito: Associação Histórica e Exploratória de Nowy Sącz

 

Na verdade, os objetos foram inicialmente guardados em um baú, que, com o tempo, acabou se desintegrando devido à ferrugem. Ao todo, os arqueólogos catalogaram 103 itens feitos de prata produzidos na Polônia e na Áustria.

Eles acreditam que a descoberta se trata de objetos que pertenciam a judeus que foram mortos durante o Holocausto propagado pela Alemanha Nazista, durante o período de 1941 a 1945. Segundo o arqueólogo Bartłomiej Urbański, envolvido na pesquisa, “é judaica, da virada do século 19 e 20, ligada ao ritual judaico e provavelmente foi enterrada durante a Segunda Guerra Mundial”.

Mas ele também questiona: "ele [o tesouro] está conectado com os edifícios que costumavam estar nesta parte da cidade, ou foi roubado pelos alemães, que não conseguiram retirá-lo?".

Crédito: Associação Histórica e Exploratória de Nowy Sącz

 

O que se sabe é de, a partir de junho de 1941, tropas de Hitler ocuparam o castelo, transformando-o em uma espécie de quartel. Lá, eles criaram um depósito de munição e um gueto em Nowy Sącz, que concentrou mais de 20 mil judeus. Em agosto do ano seguinte, eles foram enviados para o campo de concentração de Bełżec. No ano de 1945, soldados poloneses foram responsáveis por explodir o depósito, o que causou a parcial destruição do castelo.


+Saiba mais sobre a Segunda Guerra Mundial por meio de obras disponíveis na Amazon:

Box Memórias da Segunda Guerra Mundial, de Winston Churchill (2019) - https://amzn.to/2JWtKex

A Segunda Guerra Mundial, de Antony Beevor (2015) - https://amzn.to/2Rr2xFa

A Segunda Guerra Mundial: Os 2.174 dias que mudaram o mundo, de Martin Gilbert (2014) - https://amzn.to/34DnO3T

Os mitos da Segunda Guerra Mundial, de Vários Autores (2020) - https://amzn.to/2VdiMXa

Continente selvagem: O caos na Europa depois da Segunda Guerra Mundial, de Keith Lowe (2017) - https://amzn.to/2RqF32D

Vale lembrar que os preços e a quantidade disponível dos produtos condizem com os da data da publicação deste post. Além disso, a Aventuras na História pode ganhar uma parcela das vendas ou outro tipo de compensação pelos links nesta página.

Aproveite Frete GRÁTIS, rápido e ilimitado com Amazon Prime: https://amzn.to/2w5nJJp 

Amazon Music Unlimited – Experimente 30 dias grátis: https://amzn.to/2yiDA7W