Notícias » Estados Unidos

Testemunha revela que Aaliyah teria sido estuprada por R. Kelly aos 14 anos

Mais tarde, a artista apelidada de Princesa do R&B iria se casar com seu abusador

Ingredi Brunato, sob supervisão de Pamela Malva Publicado em 14/09/2021, às 19h00

Montagem mostrando R.Kelly (à esquerda) e Aaliyah (à direita)
Montagem mostrando R.Kelly (à esquerda) e Aaliyah (à direita) - Wikimedia Commons

Segundo divulgado pela NME e repercutido pela Rolling Stone na última segunda-feira, 14, uma ex-dançarina substituta relatou em tribunal no início do mês de setembro que teria flagrado o vocalista e produtor R. Kellyestuprando a cantora Aaliyah em 1993. 

A artista, que é um dos grandes nomes por trás do estilo musical do R&B, tinha apenas 13 ou 14 anos de idade na época em que o episódio aconteceu.

Cerca de um ano depois, Aaliyah viria a se casar com o homem, apesar da união ser proibida pela lei. Quando eles firmaram seu laço matrimonial, R. Kelly tinha 27 anos, enquanto a jovem tinha somente 15.

Atualmente, o produtor está sendo acusado de suborno, extorsão e violação da Lei Mann, que proíbe o transporte de mulheres e meninas para fora das fronteiras dos EUA com o objetivo de empregá-las em atividades sexuais ilegais

A testemunha que deu o depoimento, identificada apenas como "Angela", ainda afirmou que o homem teve relações com ela na mesma faixa de idade, ainda conforme a NME.