Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Mundo

Texas: Arma usada pelo atirador tinha eficiência militar

O ataque à escola primária estadunidense fez 21 vítimas, incluindo alunos e professores

Ingredi Brunato, sob supervisão de Isabela Barreiros Publicado em 26/05/2022, às 11h36

Registro das armas usadas pelo atirador - Divulgação/Instagram
Registro das armas usadas pelo atirador - Divulgação/Instagram

Salvador Ramos, um adolescente de 18 anos, invadiu uma escola primária do estado norte-americano do Texas na última terça-feira, 24, iniciando um tiroteio que tirou a vida de 19 crianças e 2 professoras. 

O saldo trágico do ataque pode ser relacionado à arma utilizada por Ramos, que era um fuzil semiautomático AR-15, considerado eficiente na tarefa de matar o maior número de pessoas no menor tempo possível. 

De acordo com o site do Violence Policy Center, uma organização que faz a defesa do melhor regulamento armamentista nos Estados Unidos, esse rifle de assalto, embora seja vendido a civis, traz tecnologia militar. 

"Não existe uma diferença significativa entre esses fuzis e armas militares", destacou o órgão, conforme repercutido pelo UOL. 

AR-15 e massacres

Um dado triste é que o AR-15 já foi usado por outros atiradores que pretendiam empreender massacres em território norte-americano.

Um deles foi Stephen Paddock, um homem de 64 anos que foi responsável por um dos maiores episódios de assassinato em massa da história do país. O alvo do homem eram os participantes de um show de música country de Las Vegas, e ele realizou os disparos da janela de seu quarto de hotel, deixando um terrível saldo de 59 mortos. 

Essas armas são usadas para cometer atos terríveis. São chamadas de máquinas de matar perfeitas. Disparam em uma velocidade vertiginosa balas que atravessam corpos e causam carnificinas terríveis", afirmou Joe Biden, que ocupava o cargo de vice-presidente na época.