Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / França

Tinder tem iniciativa para incentivar voto nas eleições francesas

Além da ação do aplicativo de namoro, os próprios partidos políticos também invadiram a plataforma de relacionamento

Redação Publicado em 17/02/2022, às 10h05

Imagem ilustrativa - Pixabay/solenfeyissa
Imagem ilustrativa - Pixabay/solenfeyissa

As eleições presidenciais estão chegando na França e, para incentivar o eleitorado jovem a votar, o aplicativo de relacionamento Tinder e a ONG de direitos civis 'A Voté' ('Já votou', em português) decidiram realizar uma ação na plataforma.

Enquanto estiverem no app de namoro, usuários entre 18 e 25 anos em território francês receberão a mensagem: "Se você paquera perto de casa, vote perto de casa!", que os redirecionará para o site da organização civil não partidária.

Lá, estará disponível um passo a passo para as votações nas eleições presidenciais no país de 2022. O anúncio, feito em forma de "Swipe Video Card", um mini-vídeo de quatro partes, deve ficar disponível no aplicativo a partir de hoje, 17, até o dia 8 de abril.

Como reportou a Rádio França Internacional (RFI), cerca de 51% dos jovens entre 25 e 29 anos não estão registrados corretamente em listas eleitorais para votarem, principalmente por conta de mudança de endereço, de acordo com a socióloga Céline Braconnier.

"A democracia deve estar mais próxima dos jovens, onde as opiniões são formadas e debatidas", declararam os copresidentes da ONG, Flore Blondel-Goupil e Dorian Dreuil.

Além da ação do Tinder, os próprios partidos políticos também criaram iniciativas envolvendo aplicativos de relacionamento, que devem incluir ainda Grindr e Bumble. As campanhas com objetivo de incentivar o voto vem sendo proibida pelo Tinder.

Os perfis criados para campanha política, em especial pela juventude apoiadora do presidente francês Emmanuel Macron foram ameaçados de banimento pelo app de namoro por esbarrarem nas regras de uso.

Outra proposta foi a de criação de contas com foto do candidato presidencial Yannick Jadot. A ideia é chamar a atenção de usuários da plataforma e direcioná-los para o site do candidato ecologista.