Notícias » Estados Unidos

Três leopardos-das-neves morrem em decorrência de covid-19 em zoológico dos EUA

A espécie está na lista de animais vulneráveis à extinção

Isabela Barreiros Publicado em 16/11/2021, às 14h03

Leopardo-das-neves do Lincoln Children's Zoo
Leopardo-das-neves do Lincoln Children's Zoo - Divulgação/Facebook/Lincoln Children's Zoo

O Lincoln Children's Zoo, cidade de Lincoln, no estado de Nebraska, Estados Unidos, anunciou que três leopardos-das-neves da instituição faleceram em decorrência de covid-19 no último sábado, 13.

“É com profunda tristeza que informamos à nossa comunidade que três leopardos-das-neves no Lincoln Children's Zoo morreram devido a complicações de Covid-19”, escreveram os porta-vozes pelo Facebook.

Os leopardos Ranney, Everest e Makalu foram diagnosticados com o coronavírus Sars-CoV-2 em 13 de outubro deste ano, de acordo com a revista Galileu, com informações do zoológico.

Os animais foram tratados com esteroides e antibióticos com o intuito de prevenir infecções secundárias. Outros animais que testaram positivo para a doença se recuperaram totalmente, sendo eles os tigres de Sumatra Axl e Kumar.

“O zoológico atualmente tem protocolos estritos para Covid-19 em vigor para todas as áreas de animais e exige o uso de equipamentos de proteção individual, higiene, autotriagem e limpeza dos funcionários”, completou a nota.

A Lista Vermelha de Espécies Ameaçadas, da União Internacional para a Conservação da Natureza e dos Recursos Naturais (IUCN), considera a espécie do animal, Panthera uncia, como “vulnerável” à extinção. Existem cerca de 2,7 mil e 3,3 mil indivíduos adultos.