Notícias » Estados Unidos

Trilhos de bonde do século passado serão removidos em Washington

A ação foi realizada para se fazer uma melhoria do serviço de esgoto, mas não sem que museu local fizesse pesquisa pra entender a história dos trilhos

Ingredi Brunato Publicado em 15/09/2020, às 07h00

Fotografia dos trilhos removidos.
Fotografia dos trilhos removidos. - Divulgação/ Greg Lehman

Na semana passada, os trilhos de bonde de 1906 que ficavam em Washington entre a Primeira e Segunda avenidas foram removidos. Eles passavam por vários pontos relevantes da cidade — incluindo por exemplo uma casa de ópera —, principalmente os localizados em sua porção central, fornecendo o passeio por apenas cinco centavos na moeda local. 

O motivo da remoção foi para substituir o sistema de esgoto da região, como parte de um projeto de melhoria dos serviços básicos da cidade. Para compensar a retirada desse vestígio histórico, o governo entrou em contato em 2011 com o Museu Fort Walla Walla, para que que levantamentos arqueológicos fossem realizados. Uma das primeiras descobertas foi, por exemplo, quem foi o fabricante dos trilhos, lá em 1906. 

Em um artigo publicado pelo museu, é explicado que esses bondes antigos, que comportavam entre 28 e 72 passageiros, eram movidos através de fios elétricos. No entanto,  eles também contavam com um fogão a carvão, que ficava dentro do bonde e servia para aquecer os carros durante o inverno.

A linha, cujos trilhos foram retirados na semana passada, teria funcionado integralmente apenas por vinte anos antes do surgimento do automóvel, que o tornou obsoleto. “Não sei qual foi o investimento financeiro naquela época, mas deve ter sido substancial”, disse comentou Mike Laughery, engenheiro de programas da cidade. “Não sei se eles simplesmente não previram o desenvolvimento do automóvel ou como isso funcionaria.”