Facebook Aventuras na HistóriaTwitter Aventuras na HistóriaInstagram Aventuras na HistóriaSpotify Aventuras na História
Notícias / Rússia

Tropas russas começam a deixar fronteira com a Ucrânia

A informação foi divulgada pelo porta-voz do Ministério da Defesa, Igor Konashenkov

Redação Publicado em 15/02/2022, às 09h37

Vladimir Putin - Getty Images
Vladimir Putin - Getty Images

Parte das tropas russas que se encontravam na região da fronteira com a Ucrânia começou a deixar o local, após várias semanas de tensão, conforme anunciou o Ministério da Defesa, nesta terça-feira, 15. 

"As unidades dos distritos militares Sul e Oeste, que já concluíram suas tarefas, começaram a carregar equipamentos para o transporte ferroviário e rodoviário e começarão hoje o retorno para seus quartéis", disse o porta-voz do ministério, Igor Konashenkov. Este é o primeiro sinal, desde o final do ano passado, de um recuo por parte da Rússia na crise com o Ocidente.

Segundo informações do UOL, o Kremlin confirmou a informação divulgada, mas ressaltou que tratam-se de procedimentos normais e denunciou o que chamou de "histeria" ocidental diante de uma suposta invasão. Até o momento, o governo não informou quantos soldados já deixaram a fronteira. 

"Sempre dissemos que depois das manobras (...) as tropas voltariam para seus quartéis de origem. E é isso que está acontecendo agora. É o procedimento habitual", disse à imprensa o porta-voz de Vladimir Putin, Dmitri Peskov.

"15 de fevereiro de 2022 entrará para a história como o dia em que a propaganda de guerra ocidental falhou. Eles foram desonrados e destruídos sem que um único tiro fosse disparado", declarou Maria Zakharova, porta-voz do Ministério das Relações Exteriores da Rússia.