Notícias » EUA

Trump afirma que venceu a eleição e que irá recorrer à Suprema Corte para que a contagem de votos seja interrompida

Sem deixar claro seu argumento, o presidente considerou que houve fraude eleitoral em declaração dada na terça-feira, 3

Giovanna Gomes Publicado em 04/11/2020, às 10h09

Presidente americano Donald Trump
Presidente americano Donald Trump - Wikimedia Commons

Nesta quarta-feira, 4, o presidente americano Donald Trump declarou que ganhou a eleição e que irá pedir à Suprema Corte para que a contagem de votos seja interrompida, pois, segundo ele, está ocorrendo uma fraude eleitoral. Trump, no entanto, não detalhou qual seria seu argumento para a afirmação.

Em sua declaração, o candidato à reeleição disse: "De repente, eu disse: o que aconteceu com a eleição?...Eles sabiam que não podiam ganhar, então disseram, 'vamos ao tribunal'". E prosseguiu: "Queremos que a lei seja usada de maneira adequada, por isso iremos ao Supremo Tribunal dos Estados Unidos."

"Isso é uma fraude para o povo americano. Isso é uma vergonha para o nosso país. Estávamos nos preparando para vencer esta eleição. Por direito, vencemos esta eleição. Iremos para a Suprema Corte dos Estados Unidos. Queremos que todas as votações parem", continuou o atual presidente.

Em resposta, a gerente da campanha de Joe Biden, Jen O'Malley Dillon, declarou: "Se o presidente cumprir sua ameaça de ir à Corte para tentar evitar a tabulação correta de votos, nós temos equipes jurídicas prontas para se mobilizar para resistir a esse esforço".