Notícias » Estados Unidos

Trump é intimado pela procuradoria-geral de NY

Ex-presidente e seus dois filhos terão que prestar depoimento sobre investigação

Fabio Previdelli Publicado em 03/01/2022, às 18h30

Donald Trump em 2015
Donald Trump em 2015 - Getty Images

Nesta segunda-feira, 3, se tornou público o processo que a procuradora-geral de Nova York Letitia James moveu contra o ex-presidente norte-americano Donald Trump. O republicano e seus dois filhos mais velhos são alvos de uma investigação civil por supostas fraudes fiscais. 

Desta forma, Trump, Trump Jr. e Ivanka serão intimados a prestar esclarecimentos sobre uma "avaliação de propriedades pertencentes ou controladas" pela Organização Trump, segundo relatou a agência Associated Press.

O órgão busca entender se a Organização Trump aumentou de forma indevida o valor de seus bens em documentos anuais financeiros que foram usados para conseguir empréstimos bancários. 

Segundo explica o G1, a linha de crédito é concedida a uma empresa após os bancos avaliarem o patrimônio das mesmas. Caso alguma irregularidade seja encontrada, a família Trump só deverá sofrer punições econômicas. Se irregularidades maiores forem descobertas, no entanto, um inquérito criminal pode ser aberto. 

Apesar dos advogados de Trump não se pronunciarem sobre o assunto até o momento, a tendência é que um pedido de anulação das intimidações seja realizado em breve. Em dezembro passado, o ex-presidente norte-americano abriu um processo contra a procuradora-geral após ela tentar marcar seu depoimento para o dia 7 de janeiro.

De acordo com o republicano, em ação, a investigação viola seus direitos constitucionais em um "esforço velado para difamar publicamente Trump e seus associados".