Notícias » Estados Unidos

Trump ordena interrupção de contagem e Biden retruca: "Todo voto deve ser contabilizado"

Os candidatos à presidência dos EUA estão trocando alfinetadas pelo Twitter

Giovanna de Matteo Publicado em 05/11/2020, às 15h00

Donald Trump e Joe Biden, respectivamente
Donald Trump e Joe Biden, respectivamente - Wikimedia Commons/ Flickr

Em meio ao cenário tenso da eleição de 2020, que definirá o próximo presidente dos Estados Unidos, Donald Trump se encontra atrás de seu adversário Joe Biden, que até o momento recebe a maioria dos votos do colégio eleitoral.

No momento, diversas cidades ainda recebem e estão contabilizando os votos que foram enviados por correspondência. O processo de contagem está mais demorado, e por conta disso a confirmação do resultado está tomando um tempo maior.

Aproveitando o caos, Trump, que já havia declarado que pediria uma recontagem dos votos, agora anuncia pelo Twitter uma ordem para que a apuração seja interrompida, no que visa a sua iminente derrota.

O presidente vigente acredita que nenhum voto deveria ser apurado neste segundo dia após a eleição, dando a entender que só devem ser válidos os votos do primeiro dia de apuração.

Joe Biden, por sua vez, retruca o tweet, afirmando que todos os votos devem ser contabilizados. O democrata está cada vez mais perto da vitória, e se for consumada ele será o presidente com mais votos populares já registrados nas eleições dos EUA, além de ser o homem mais velho a assumir o cargo.